Danos e perdas ocasionados pelo amassamento dos pneus na lavoura

Olá amigos do agro digital! A busca pela redução de custos e perdas na agricultura é uma atividade complexa, pois não podemos simplesmente abdicar do uso de um insumo, máquina ou serviço de forma aleatória. É preciso identificar os gargalos que diminuem a rentabilidade da atividade e, a partir dessa informação, definir uma estratégia para diminuir perdas e os custos. No texto de hoje, vamos falar sobre um dos principais motivos de perdas em diversas culturas de grãos: amassamento causado pelos pneus.

Frente a problemas como plantas daninhas, ataque de pragas e doenças, entre outros, o controle químico é a estratégia mais utilizada para combater esses agentes. O pulverizador, que é o equipamento utilizado para realizar a aplicação de defensivos, é o equipamento que vai trabalhar mais durante o ciclo produtivo de uma lavoura. Enquanto a adubação e a colheita só acontecem uma vez em cada ciclo, a pulverização é constante. Segundo a Bayer (2019), atualmente são realizadas de três a cinco aplicações de fungicida na cultura da soja, variando de acordo com a região produtora. Além disso, o uso de inseticida e herbicida fazem parte do calendário de aplicações, que geram mais entradas na lavoura e consequentemente, mais danos por amassamento à cultura instalada.

Os danos por amassamento variam de acordo com cada cultura. Os danos podem chegar a 5% na soja e 8% no milho. Vamos a um exemplo com a cultura da soja. Considerando um equipamento com 18 metros de barra e pneus de 0,32 m, que somados, tem o valor de 0,64 m, estima-se que para cobrir 1 ha, são necessárias 6 passadas. Logo, as seis passadas geram uma área amassada de 384 m². Supondo um rendimento de 3000 kg/ha, os danos correspondem a 115,2 kg, ou 1,92 sacos. Utilizando a cotação de soja mais atual na data em que escrevemos esse texto (R$ 74,50), a perda correspondente é de R$ 143,04. A metodologia utilizada para esse cálculo, publicada no site Mais Soja, pode ser lida com mais detalhes no link http://abre.ai/perdasporamassamento!

Ok, mas como a Dronagro pode te ajudar a diminuir os danos por amassamento?

Os VANTs são uma ferramenta que pode auxiliar o produtor rural a diminuir os danos por amassamento, através da confecção de linhas de pulverização e também pela pulverização com drones. Coletando informações do terreno e do maquinário, podemos planejar linhas de pulverização que diminuem a quantidade de manobras de cabeceira, arremates e desvio de obstáculos! Além de diminuir o amassamento, diminui também os custos com combustível e o tempo para aplicação. Além disso, drones pulverizadores realizam a aplicação de produtos líquidos e agentes biológicos sobrevoando a lavoura, de forma localizada ou em área total, o que não causa dano por amassamento!

Gostou? Tem alguma dúvida? Fale com a gente!

WhatsApp bit.ly/dronagro

(55) 9 9682 8530 (Eng. Agr. Guilherme Busanello)

(55) 9 9661 0402 (Eng. Agr. Diego Berté)

contato@dronagro.com.br