Dessecação localizada na pré colheita da soja

Olá amigos do agro digital! Em um país com dimensões continentais como o Brasil, a cultura da soja segue seu ciclo até a colheita em ritmos diferentes. Em alguns estados, a colheita está praticamente concluída, já em outros, a maioria das áreas onde foram semeadas cultivares mais tardias está na fase de enchimento de grãos ou iniciando a maturação fisiológica.

Cada planta deve ser considerada uma unidade de produção única na lavoura. E durante seu ciclo produtivo, fatores bióticos e abióticos interferem na velocidade em que a planta inicia e conclui seu ciclo, ou seja, do plantio a maturação fisiológica, ocorrem diversos processos que podem acelerar ou frear esse processo. No texto de hoje vamos falar sobre a dessecação pré colheita na soja, e como os drones podem auxiliar o produtor rural nesse processo.

Segundo Gazolla (2020), a dessecação na pré colheita da soja tem por objetivos uniformizar a maturação das plantas, antecipar a colheita dos grãos e/ou sementes, reduzir o nível de impurezas, controlar plantas daninhas, reduzir danos mecânicos aos grãos e/ou sementes e reduzir o nível de perdas na colheita. Ainda segundo Gazolla (2020), essa dessecação deve ser feita em R7.3, estádio onde os grãos estão se desligando da vagem e a umidade estar inferior a 55%. Além disso, é importante observar se os nódulos presentes nas raízes já se desligaram da planta, o que também é um indicativo.

Com o auxílio dos sensores embarcados nos drones, podemos realizar uma amostragem significativa da área de forma rápida e precisa, apontando os locais onde há desuniformidade na maturação das plantas e criar zonas de aplicação localizada de herbicidas registrados para esse fim. Além disso, é possível realizarmos a operação de dessecação com drones pulverizadores, que fazem a aplicação apenas nas áreas previamente zoneadas, reduzindo danos por amassamento e o consumo de combustível das máquinas e agilizando o processo de dessecação pré colheita!

Gostou? Entre em contato com a gente e saiba mais!

WhatsApp bit.ly/dronagro

(55) 9 9682 8530 (Eng. Agr. Guilherme Busanello)

(55) 9 9661 0402 (Eng. Agr. Diego Berté)

contato@dronagro.com.br